Comprar uma casa é um sonho para a maioria dos brasileiros. Mas, assim como um tubo flexível, precisamos nos adaptar ao dia a dia e, por isso, nos perguntamos se vale mais a pena fazer a aquisição de uma casa ou entrar no aluguel? 

 

Qualquer opção que escolher, dependerá inteiramente do seu estilo de vida e da situação financeira. Ambos exigem uma renda regular e certo grau de esforço para mantê-la. Quer entender melhor sobre o tema e todas as suas variáveis? Então, vem com a gente!

 

Mais sobre essas opções!

 

Existem várias diferenças que tornam o aluguel e a compra de imóveis importantes. Primeiramente, alugar uma propriedade dispensa todas as responsabilidades associadas à propriedade e você tem mais flexibilidade, pois não está vinculado a ela. 

 

Possuir sua casa lhe dá um investimento considerável, mas um grande custo (tanto inicial quanto a longo prazo). Pense que, se caso precisar de um dinheiro, poderá vendê-la e usar a quantia como bem entender.

 

Alugar uma casa ou apartamento

 

O maior mito sobre o aluguel é que você está jogando dinheiro fora todo mês. Isso não é verdade. Afinal, todos nós precisamos de um lugar para morar e isso sempre custa dinheiro. Embora seja verdade que você não está construindo patrimônio com esses pagamentos mensais, nem todos os custos da casa própria vão para a construção de patrimônio.

 

Quando entra no aluguel, sabe exatamente seus custos. Este valor deve estar indicado no seu contrato de arrendamento. Em alguns casos, o proprietário também pode incluir outros custos dentro desse valor, tais como: 

 

  • Serviços públicos como IPTU; 
  • Taxas de associação de proprietários, principalmente quando se mora em um condomínio;
  • Contas de água e luz.

 

Como locatário, certamente enfrentará aumentos de aluguel cada vez que seu contrato for renovado. Isso pode ser ainda mais acentuado se vive em partes mais importantes da cidade (próximas do centro ou de bairros de classe alta). 

 

Alugar significa que você pode se mudar sempre que o contrato terminar. No entanto, o contrário também ocorre, ou seja, se o proprietário decidir vender a propriedade ou transformar os apartamentos em uma empresa de Imã de Ferrite, não há nada que possa fazer. 

 

Financiar um imóvel

 

Além de ter sua própria casa, pode tomar decisões sobre a aparência e o design do espaço, mas também ter uma sensação de estabilidade.

 

O custo total da casa própria tende a ser maior do que o aluguel. Aqui estão algumas despesas com as quais você gastará como proprietário e que, geralmente, não precisa fazê-la se for locatário:

 

  • Impostos sobre a propriedade;
  • Coleta de lixo;
  • Serviço de água e esgoto (alguns proprietários exigem que os locatários paguem por isso);
  • Poda de árvores;
  • Seguro da casa;
  • Limpeza da piscina (se tiver);
  • Entre outros.

 

Desta forma, tão importante quanto um catalisador para tinta para um pintor, é a decisão de alugar ou financiar um imóvel para um cidadão comum. Planeje, veja o quanto tem guardado e as condições de pagamento e boa sorte!

 

Enfim, esperamos ter ajudado com essa postagem, caso tenha gostado, comente e compartilhe em suas redes sociais.

Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais.

Leave a comment

Your email address will not be published.