Ter um cuidado com a saúde bucal implica em algumas ações, como a visita regular ao dentista, manter uma boa dieta, ingerir a quantidade adequada de água por dia e fazer uma boa escovação dos dentes

 

Isso porque, a higiene bucal é uma questão essencial para a manutenção de um belo sorriso, uma vez que ela é a responsável e capaz de evitar cerca de 90% de todas as doenças bucais que podem espreitar a saúde da boca. 

 

Portanto, além de escovar os dentes na frequência estipulada, ou seja, após todas as suas refeições, e apesar do uso do fio dental, ainda sim é necessário saber escovar os dentes.

 

Isso ocorre uma vez que, escovar os dentes de forma errada pode acabar causando problemas ao invés de evitá-los. 

 

Portanto, confira a seguir tudo o que você precisa saber sobre a higienização da boca e os principais erros cometidos na hora de escovar os dentes, para que possa ter uma higiene bucal ainda melhor, principalmente se você faz uso de alinhadores invisíveis.

Erros na hora de escovar os dentes

Escovar os dentes pode parecer algo simples, tão simples que muitas pessoas não se atentam aos detalhes e dessa forma começam a cometer erros que podem custar a sua saúde bucal.

 

Portanto, confira a seguir os principais erros que muitas pessoas cometem quando o assunto é escovar os dentes.  

  • Aplicar força

A escovação deve ser feita com cuidado e de forma suave. Isso porque, a aplicação de força como se estivesse esfregando o seu dente, como uma roupa encardida, além de não limpar adequadamente pode acabar prejudicando o esmalte do seu dente. A falta de esmalte é a falta de proteção do dente. 

 

Portanto, com a destruição dessa camada é possível dizer que será como uma porta aberta a possíveis patologias e doenças que só serão tratadas em consultórios através de tratamentos como o canal ou o clareamento dental.

  • Troca da escova

Poucas pessoas sabem, mas a escova tem um prazo de validade, ela perde sua eficiência após três meses de uso. Ou seja, é necessário trocar a sua escova dentro desse período.

 

Isso porque, tentar usar a escova por mais tempo pode te causar diversos problemas, uma vez que ela não limpará direito e será o mesmo que não escovar. 

  • Tipo de cerdas

Outro erro comum é não prestar atenção nos tipos e formatos das escovas, que no final das contas podem fazer toda diferença.

 

Portanto, busque escovas com cerdas macias e suaves para que não tenha problemas com o esmalte de seus dentes. 

 

Outra questão importante é optar por escovas que tenham formatos redondos. Isso porque, esse é o melhor e mais eficiente formato que permite com que a escova alcance mais locais e possa fazer uma limpeza completa, para um dente mais bonito e um sorriso mais estético. 

O que a má escovação pode causar?

Não escovar os dentes da maneira correta pode ocasionar diversos problemas e patologias bucais, além da criação de placas que causam manchas e escurecimento dos dentes que farão com que o paciente precise pesquisar sobre clareamento dental antes e depois.

 

Isso porque, tanto a falta de escovação como a escovação incorreta pode causar patologias bucais, como por exemplo:

 

  • Gengivite;
  • Cáries;
  • Placas bacterianas;
  • Tártaro. 

 

Como deve ser a escovação dos dentes?

O primeiro passo é escolher a escova correta. Depois disso, é preciso ter em mente que é necessário escovar os dentes após todas as refeições, ou seja, isso dá uma frequência de no mínimo três vezes ao dia, sempre se lembrando de utilizar o fio dental. 

 

Dessa forma é possível ter dentes saudáveis e branquinhos sem precisar se preocupar com o preço clareamento dental.

 

Em suma, após se alimentar é necessário aguardar 30 minutos  para escovar os dentes. Depois, para escovar corretamente os dentes, divida sua boca em quatro partes: superior direita, superior esquerda, inferior direita, inferior esquerda. Escove cada uma por 30 segundos, com movimentos de vai e vem.

 

Por último, mas não menos importante, escove a língua para evitar acúmulo de sujeira nessa região, bem como o mau hálito.

Dessa forma, você poderá ter uma higienização adequada de seus dentes. Além disso, a manutenção da saúde bucal estará completa através de visitas regulares ao dentista, não só para solicitar informações sobre tipos de clareamento dental. mas para avaliações e acompanhamentos de rotina.

Leave a comment

Your email address will not be published.