A estrutura hierárquica de sua organização pode ser equiparada a conectores elétricos, pois é a ligação dos funcionários para um trabalho mais eficiente e eficaz. Sendo assim, é importante considerar cuidadosamente a melhor forma de configurar o dia a dia de todos. 

 

Tudo para que visualizem claramente suas funções, onde se encaixam na organização,além dos prazos. Uma opção comum é a estrutura de gestão horizontal. Quer entender melhor sobre o tema? Então, vem com a gente!

 

O que são as gestões horizontais?

 

Elas são uma espécie de estruturas metálicas para sua marca, pois, por ter apenas duas ou três cadeias de comando, a deixa mais fortalecida. 

 

Você pode incluir o proprietário da empresa no topo da hierarquia, seguido por uma camada de gerentes ou líderes de equipe com o restante da empresa abaixo deles. Muito simples e direto

 

Benefícios e como aplicá-los

 

  • Autonomia do funcionário

 

Um dos principais benefícios é a autonomia do funcionário. Em algumas empresas, eles têm a oportunidade de se especializar em uma determinada área. Então, a aplicação se dá, justamente, nesta ajuda para com os gastos dos cursos. 

 

Por exemplo: um funcionário de marketing pode concentrar seus esforços em atividades de SEO pagas e orgânicas. 

 

Em outras organizações, uma estrutura horizontal pode exigir que os funcionários explorem diferentes lados de seu papel. Por exemplo, o mesmo colaborador participa do design e da redação do site.

 

  • Uso otimizado de recursos

 

Outra vantagem da estrutura organizacional horizontal é que o negócio faz uso eficiente dos recursos. Todos os funcionários, geralmente, estão em uma única equipe. Os departamentos não são isolados ou separados. 

 

Como resultado, se uma área requer um recurso específico, é fácil se comunicar e colaborar com outra para obtê-lo.

 

No caso, o ramo de atendimento ao cliente precisar de um sistema de gerenciamento de projetos, eles poderão trabalhar com o marketing. Sendo assim, todos compartilharão as telas e apenas adicionarão novos usuários. 

 

Em uma estrutura organizacional diferente, precisam adquirir uma nova licença para um software porque não sabiam que outra unidade já possuía um. A aplicação é muito mais no dia a dia e fazendo com que todos se aproximem, ou seja, é a cultura empresarial sendo colocada em prática.

 

  • Flexibilidade e Agilidade

 

Para abrir aquele armário de aço 2 portas e ir além no quesito sucesso e lucros, deverá unir a gestão horizontal para ter flexibilidade e agilidade nos negócios. A equipe está intimamente ciente das metas e objetivos e pode dinamizar ou mudar o curso conforme necessário, pois a reconfiguração em atividades importantes é fácil e natural.

 

Em uma organização horizontal, se surgir um novo segmento de público, os colaboradores podem dedicar recursos para pesquisar, desenvolver e lançar aquilo que o público quer. Organizações com diferentes departamentos funcionais ou com gestões verticais serão mais lentas para reagir, devido a objetivos de negócios fragmentados.

 

Trazer nomes de peso da área para explicar tudo isso com palestras, é a forma mais direta para aplicá-la.

 

Gostou do nosso conteúdo? Deixe o seu comentário e compartilhe este post em suas suas redes sociais!

Conteúdo produzido pela equipe do Soluções Industriais.

Leave a comment

Your email address will not be published.